Filme “Última Floresta” ganha em Berlim

Foto: Divulgação/Última Floresta

O filme brasileiro “Última Floresta”, dirigido pelo cineasta e antropólogo Luiz Bolognesi, com o apoio do xamã Davi Kopenawa Yanomami, ganhou o Prêmio do Público, na seção Panorama Documentário do Festival de Berlim, que se encerrou neste domingo, dia 20 de junho.

Em consequência das restrições decorrentes da pandemia do coronavírus, a importante Berlinale, como é conhecido o Festival, modificou este ano seu calendário de apresentações. Em março, houve um festival online reservado para os profissionais do cinema e para a crítica. Agora, em junho, aconteceu pela primeira vez um Festival de Verão.

“Última Floresta” despertou bastante interesse, em consequência da situação vivida atualmente pelo Brasil, onde não só os garimpeiros como os madeireiros estão destruindo a Floresta Amazônica e invadindo comunidades indígenas. Na verdade, destruir as florestas faz parte de

Continue lendo no Observatório da Imprensa.