Aliado de Bolsonaro, governo Netanyahu cai em Israel

Foi por pouco, muito pouco. Apenas um voto deu fim aos 12 anos de mandato de Benjamin Netanyahu como primeiro-ministro de Israel, o mais longo na história do país. O resultado da votação no Knesset (o Parlamento israelense) foi 60 a 59 com uma abstenção, o que levou ao poder uma colcha de retalhos formada por partidos de todas as tendências. Com apoio de partidos de esquerda e de agremiações árabes, a cadeira de premiê vai ser ocupada pelo ultradireitista Naftali Bennet. Pelo arranjo, ele ficará…


Continue lendo no Canal Meio.