Microbiologista diz na CPI que cloroquina mata

Foto: Reprodução

A microbiologista Natalia Pasternak afirmou nesta sexta-feira (11) à CPI da Covid que o uso de cloroquina para combater a doença é uma mentira “orquestrada pelo governo federal” e é uma mentira que “mata”.

A cloroquina não tem eficácia contra a Covid, de acordo com diversos estudos científicos. Mesmo assim, desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro e aliados defendem o uso do remédio para tratar a doença.

“No caso triste do Brasil, é uma mentira orquestrada pelo governo federal e pelo Ministério da Saúde. E essa mentira mata, porque ela leva pessoas a comportamentos irracionais que não baseados em ciência”, disse Pasternak.

A microbiologista disse ainda que, ao insistir na discussão sobre a cloroquina, o Brasil está atrasado pelo menos seis meses em relação ao mundo, que descartou o uso do remédio para Covid quando ficou comprovada a ineficácia.

“Estamos pelo menos seis meses atrasados

Continue lendo no Blog da Cidadania.