Presidente da CBF cai; seleção na Copa América é mistério

Rogério Caboclo foi afastado ontem do comando da CBF. Não por conta da polêmica iniciativa de trazer a Copa América para o Brasil em plena pandemia. A Comissão de Ética do Futebol Brasileiro o suspendeu por 30 dias devido a acusações de assédio sexual e moral feitas contra ele por uma funcionária da CBF. Interinamente assume o vice Antônio Carlos Nunes, o Coronel Nunes. (Globo Esporte)

Lauro Jardim: “Oficial e formalmente Rogério Caboclo foi afastado por 30 dias da presidência da CBF, numa…


Continue lendo no Canal Meio.