Não é só incompetência: genocidio de 1,4 milhão foi planejado por Bolsonaro

Continue lendo no Balaio do Kotscho.