Jornalismo nos Estados Unidos: entrevista com Adriana Manfredini

“Minha percepção é que a cobertura dos direitos humanos e das minorias está melhorando, mas ainda há muito o que explorar”, diz a jornalista. (Foto: arquivo pessoal)

Adriana Manfredini é uma jornalista e pesquisadora brasileira, com mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP). Desde 2017, ela mora em Seattle, nos Estados Unidos, e faz pesquisa e tradução para o português de textos publicados no fim do século XIX por mulheres pioneiras no jornalismo norte-americano.

No Brasil, trabalhou por dez anos como repórter em redações de revistas, e depois outros dez anos como profissional de comunicação interna e assessoria de imprensa. Em 2018, lançou o livro Crônicas de Essepê, com textos sobre São Paulo, cidade onde morou por 25 anos. Leia mais na entrevista a seguir.

Enio Moraes Júnior

Continue lendo no Observatório da Imprensa.