1° de Maio, o que Bolsonaro quer que seja dia do escravo

Nem durante a ditadura, ao que eu me recorde, jamais tivemos um 1° de Maio tão triste como este. Não só porque quase coincidiu com a sinistra marca de 400 mil mortos pela pandemia, não só porque ela nos impede de sair às ruas e aos parques, para comemorar o valor do trabalho humano, não […]

O post 1° de Maio, o que Bolsonaro quer que seja dia do escravo apareceu primeiro em TIJOLAÇO.

Continue lendo no Tijolaço.