Frangos de padaria podem se tornar elefantes na sala

Foto: Lula Marques

Gestos, piadas e sarcasmo representam perigo de saia justa no mundo das relações internacionais. Assim como as próprias expressões podem não ter a mesma tradução em outros idiomas, lançar mão de imagens que remetem a um componente cultural específico com o intuito de palestrar para audiências internacionais é confundir o interlocutor desavisado.

Trata-se, no mínimo, de convite ao mau entendimento, passando por prejuízo no mundo dos negócios e quiçá gafe diplomática.
O elefante na sala, expressão em inglês que significa desconforto, só se agiganta e gera ainda mais incômodo.

Quando o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, apresentou um slide de frango assado à equipe de Joe Biden, ele ultrapassou a barreira da boa comunicação para audiências interculturais.

Em seu PowerPoint, havia o desenho de

Continue lendo no Observatório da Imprensa.