Bolsonaro quer convencer mundo de que protege Amazônia

Embora o foco das críticas internacionais ao Brasil seja a política ambiental, o presidente Jair Bolsonaro deve levar hoje à Cúpula do Clima uma versão reciclada do discurso de quem executa essa mesma política, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Em seus três minutos de fala, Bolsonaro deve reafirmar, sem dar detalhes ou estratégias, a promessa de eliminar o desmatamento ilegal até 2030 que manifestou na carta enviada semana passada a Joe Biden, que convocou a cúpula. (Folha)

Acontece…


Continue lendo no Canal Meio.