Em jantar com empresários bolsonaristas sem expressão, presidente é aplaudido pelos 340 mil mortos

Na noite de quarta, 7, Jair Bolsonaro e um grupo de empresários formado por Rubens Ometto, da Cosan, Claudio Lottenberg, presidente da Conib (Confederação Israelita do Brasil), André Esteves, do BTG Pactual, Alberto Saraiva, do Habib’s, e João Camargo, do grupo Alpha, se reuniram para um jantar em São Paulo (SP).

Também estavam presentes os ministros Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Marcelo Queiroga (Saúde), e Fábio Faria (Comunicação), além do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e do general Augusto Heleno (chefe do Gabinete de Segurança Institucional).

O evento aconteceu após um grupo de economistas e banqueiros (não ligados a esse grupo de empresários bolsonaristas sem expressão) publicarem uma carta criticando a atuação do governo Bolsonaro na pandemia. Na saída do jantar, os ministros e empresários afirmaram a jornalistas que a carta não foi discutida para não gerar “polêmica” com Bolsonaro.

Ao que tudo indica,


Continue lendo no O Cafezinho.