População enfrenta filas em agências enquanto milhares de concursados da Caixa aguardam convocação

Aglomerações foram registradas em diferentes locais do país no retorno do pagamento do auxílio emergencial. Aprovados em concurso do banco público aguardam convocações, o que minimizaria déficit de 20 mil empregados. “São concursados que foram aprovados legitimamente, querem trabalhar, desejam colaborar com o país, querem ajudar quem depende do auxílio para sobreviver”, destaca Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae). “Minha vontade de trabalhar é enorme. Eu quero ser um empregado do banco; não à toa, aguardo há tanto tempo”, conta concursado

Brasília, 07/04/2021 — O auxílio emergencial foi retomado nesta semana com o registro de filas em agências da Caixa Econômica Federal de diferentes locais do país. Aglomerações na pior fase da pandemia da covid-19 foram reportadas, por exemplo, em Pernambuco, Amazonas, São Paulo, Ceará, Pará, Bahia e Rio de Janeiro, entre outros estados. A exemplo de 2020, o banco público foi mantido este


Continue lendo no O Cafezinho.