No Brasil, risco de morte em UTIs públicas é quase o dobro que em UTIs privadas

O risco de morrer de Covid em uma UTI pública no Brasil é maior que em uma privada. A mortalidade de pacientes com Covid internados em UTIs privadas foi de 30%, enquanto em UTIs públicas foi de 53%, como mostram os dados da plataforma UTIs Brasileiras.

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Para o coordenador da plataforma, Ederlon Rezende, membro do Conselho Consultivo e ex-presidente da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib), alguns motivos ajudam a entender a diferença. Entre eles, a proporção de pacientes que precisam de ventilação artificial. “Nos hospitais públicos, isso representa cerca de 65% das pessoas atendidas, enquanto que nas UTIs privadas é 40%. O dado, por si só, já explica por que a mortalidade é maior”, afirmou em entrevista à GaúchaZH.

Fonte: UTIs Brasileiras

O post No Brasil, risco de morte em UTIs públicas é quase o dobro que em UTIs

Continue lendo na Revista Piauí.

Compartilhe
Artigo anteriorOnde está nossa verdade?
Próximo artigoDuelo negacionista