Fome no Brasil volta aos níveis de 2004, diz pesquisa

Em 29 meses do governo Bolsonaro, a fome no Brasil voltou a assombrar cerca de 116,8 milhões de brasileiros. Esse é o maior índice desde 2004.

De acordo com o levantamento divulgado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), essas pessoas tiveram que reduzir a qualidade e a quantidade do consumo de alimentos, ou passar fome.

Só em 2020, cerca de 19 milhões não tiveram o que comer na pandemia, isso representa estonteantes 9% da população brasileira. Também foi o maior índice desde 2004 quando a fome atingiu 9,5%.

Fonte: Rede Pensann

De acordo com uma das pesquisadoras responsáveis pela pesquisa da Rede Penssan e professora de Nutrição da UFRJ, Rosana Salles, além da fome também houve o fenômeno da queda da segurança alimentar, saindo de 63,3% em 2018 para 44,8% em 2020.

Nem mesmo a classe média escapou da insegurança alimentar,


Continue lendo no O Cafezinho.