Como a vida virou moeda de troca na corrida pela nova cadeira no STF

Candidatos a ministro do Supremo sempre passaram por alguma espécie de corredor polonês, mas o incrível agora é a disputa entre quem tem relevantes funções públicas sobre quem é o mais fiel ao negacionismo de Bolsonaro

Veja mais de Andrei Meireles

Continue lendo no Os Divergentes.