A cobertura sobre meio ambiente e mudanças climáticas no Acre

Foto: Ascom/Segup

O Observatório da Imprensa publica, nesta semana, o segundo artigo da série Ecossistemas de Informação da Amazônia, que busca mostrar como veículos jornalísticos sediados em cidades estratégicas da Amazônia Legal cobrem temas relacionados ao desmatamento e às mudanças climáticas. Produzido com o apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS), o projeto tem foco em dezesseis cidades da Amazônia: Rorainópolis e Boa Vista, em Roraima; Belém, Ananindeua, Santarém, Marabá, Parauapebas e Altamira, no Pará; Manaus, Parintins, Itacoatiara, Manacapuru e Coari, no Amazonas; Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Sena Madureira, no Acre, tema deste segundo texto.

A pesquisa do Observatório identificou 27 veículos jornalísticos em atividade no estado: dezoito na capital, Rio Branco, oito em Cruzeiro do Sul e apenas um em Sena Madureira. Deste total, quatro títulos mantêm versões impressas

Continue lendo no Observatório da Imprensa.