Manaus deve passar todo 2021 no pico da 2ª onda, alertam pesquisadores que previram colapso

Caso não sejam tomadas medidas urgentes de isolamento, Manaus pode alcançar um número constante de 50 mil infectados com coronavírus por dia, o que irá implodir o sistema de saúde da capital, afirmam os pesquisadores que previram a 2ª onda do coronavírus no estado. Como mostramos no Intercept em janeiro, o grupo de oito cientistas elaborou um modelo epidemiológico a partir das taxas de transmissão da nova variante do vírus no Amazonas, a P1, que deixa clara a iminência de uma terceira onda do vírus, ainda mais contagiosa e letal, ignorada pela prefeitura manauara e pelo governo do estado.

Com mais pessoas precisando de atendimento médico, a taxa de mortalidade também aumentará. Foi depois da primeira quinzena de dezembro que o Amazonas atingiu pela primeira vez o número de 50 mil infecções diárias, culminando na segunda onda, alertada com antecedência pelos mesmos especialistas. Em poucos dias, o sistema de saúde

Continue lendo no The Intercept.