Repórter é

(Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Entender que a reportagem é um gênero jornalístico privilegiado e se afirma com todos os percalços ainda na atualidade como o lugar por excelência da narração jornalística ao denunciar desmandos de governos e falcatruas empresariais;

Como diz o Zuenir: “Que os outros não me queiram mal, ou não me atirem pedras, mas se todos desaparecessem e só ficasse o repórter, o jornalismo continuaria vivo”;

Se desculpar ao Vinícius, aos editores e redatores, junto com o Clóvis Rossi, mas não deixar de dizer que repórter é fundamental: Certamente a única função pela qual vale a pena ser jornalista;

Lembrar que antigamente o bom profissional era aquele que saía para a rua com a caneta e um pedaço de papel e voltava trazendo uma notícia, uma história alegre ou triste

Continue lendo no Observatório da Imprensa.