América Latina 2021: Hora de restabelecer o convívio de suas feridas e fraturas

(Foto: HCDN)

A América Latina, em 1º de janeiro de 2021, é um subcontinente desconstruído, paralisado por fraturas internas a cada país e por disputas antagônicas interestatais. A Covid-19 veio e avivou as feridas abertas há um bom tempo.

Caída em cheio nesse caldeirão de cultura, a Covid-19 degradou ainda mais uma situação que já estava bem complicada. A América Latina é, sem dúvida, uma das regiões do mundo com a pior reação a um desafio sanitário que ultrapassou a capacidade de resposta das sociedades e dos governos. Brasil, México, Argentina, Peru, Colômbia, Chile e Equador estão no topo da lista de países mais afetados pela crise sanitária e por suas consequências econômicas e sociais. Basta ler os indicadores: o número de vítimas fatais está entre os mais elevados, a

Continue lendo no Observatório da Imprensa.