Doria dribla Bolsonaro e começa vacinação

Como o país inteiro esperava, a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), autorizou por unanimidade o uso emergencial da CoronaVac, representada no Brasil pelo Instituto Butantan, e da vacina de Oxford/AstraZenenca, da Fiocruz. O que talvez não fosse esperado foi o rápido movimento do governador João Doria (PSDB).

Tão logo a autorização foi anunciada, o governo de São Paulo, ao qual o Butantan é ligado, fez a primeira aplicação do imunizante, com Doria acompanhando in…


Continue lendo no Canal Meio.