Com quase 180 mil mortos, Bolsonaro vê ‘finalzinho da pandemia’

Há, no mínimo, uma discrepância entre a visão do governo federal em relação à Covid-19 e os números da doença. Ontem, em visita ao Rio Grande do Sul, o presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil está vivendo “um finalzinho de pandemia” e afirmou que seu governo, “levando-se em conta outros países do mundo, foi aquele que melhor se saiu” no enfrentamento à Covid-19. No mesmo dia, o país registrou 769 mortes pela doença, elevando o total a 179.801. A média móvel de óbitos subiu no…


Continue lendo no Canal Meio.