Na contramão do 'efeito Kamala nos EUA', política nacional ficou mais branca e masculina no Brasil

Mulheres e negros, que já eram minoria, perderam espaço no alto escalão após o impeachment de Dilma; principais cotados para eleição presidencial de 2022 são homens brancos.

Continue lendo na BBC Brasil.