A mídia hostil e outros delírios persecutórios

Percepções distorcidas sobre o que é a imprensa são obstáculos à comunicação política

Tenho um conhecido, mais velho — ele é engenheiro agrônomo aposentado — que ideologicamente tem uma postura muito peculiar. Ameaça de golpe comunista, MST é um grupo terrorista, bolsonarismo, cloroquina, marxismo cultural, Paulo Freire, urnas eletrônicas não são confiáveis, negacionismo climático… Soma-se à isso delírios religiosos e intervenção de entidades espirituais, planos cósmicos, enfim. O pacote completo. Obviamente, já me irritei muito com isso mas hoje aprendi a manter o distanciamento que uma observação antropológica exige.

Essa semana, conversávamos sobre a tese jurídica do Marco Temporal e esse meu conhecido defendeu o canal Rural Business como uma fonte independente, imparcial e isenta de informação. Pois bem, não é preciso muito para entender que um canal chamado Rural Business não pode, por definição, ser imparcial à questão do Marco Temporal, que trata justamente do conflito de terras entre

Continue lendo no Observatório da Imprensa.