Google antecipa a urna?

Na eleição para governador do Rio de Janeiro em 2018, muitos fluminenses tomaram a decisão de votar no então desconhecido Wilson Witzel no próprio domingo da votação ou na tarde da véspera, quando a última pesquisa de intenção de voto já havia sido encerrada. Os institutos mostraram o crescimento do candidato do PSC mas, por causa dos eleitores retardatários, não captaram o tamanho do salto de última hora do ex-juiz. O Ibope apontou 12% das preferências para ele na pesquisa divulgada sábado e 39% na boca de urna, feita no domingo e apenas com eleitores que já haviam votado. Na urna, Witzel chegou a 41% dos votos, foi ao segundo turno, derrotou Eduardo Paes (DEM) e se elegeu  governador. Sua vitória foi tão surpreendente quanto seu afastamento forçado do cargo menos de dois anos depois, acusado de corrupção.

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Como evitar a

Continue lendo na Revista Piauí.