A ciência precisa ser abordada na mídia como um direito

(Foto: Diculgação RedeComCiência)

Desde 1948, foram reconhecidos os direitos humanos à saúde, educação, trabalho, informação, moradia, entre outros. No entanto, um desses direitos tornou-se invisível: é o direito à ciência. No artigo 27, a Declaração Universal dos Direitos Humanos afirma: “Toda pessoa tem o direito de (…) participar do progresso científico e dos benefícios que resultam disso. Toda pessoa têm direito à proteção dos interesses morais e materiais que correspondam por causa das produções científicas.”

A consideração do direito à ciência foi ratificada e reforçada no Pacto Internacional sobre Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (artigo 15º) e, a nível interamericano, na Declaração Americana de Direitos e Deveres Humanos (artigo 13º) e no Protocolo de San Salvador sobre Direitos Econômicos Sociais e Culturais – DESC (artigo 14º), que também

Continue lendo no Observatório da Imprensa.