Início Blogs 1 Revista Piaui Mourão defende manter Pujol no comando do Exército

Mourão defende manter Pujol no comando do Exército

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que não há possibilidade de troca no comando do Exército até o final do mandato de Jair Bolsonaro. Apesar de a nomeação dos comandantes das Forças Armadas caber ao presidente da República, Mourão – general da reserva – foi assertivo ao dizer, em entrevista à piauí, que Edson Leal Pujol continuará no cargo até janeiro de 2023, quando o próximo presidente assumir o cargo.

Capitão reformado do Exército, Bolsonaro inundou o seu governo de militares. São cerca de 3 mil deles em vários cargos e diferentes níveis. Nove dos 23 ministros são oriundos das Forças Armadas ou seguem na ativa, e um veio da Polícia Militar. Três dos principais auxiliares palacianos são generais de quatro estrelas, o posto mais alto do Exército: Braga Netto, da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, e Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional. Ramos

Continue lendo na Revista Piauí.