A cara-de-pau da Capitã Cloroquina

Foto: Reprodução

Ela não gosta do apelido e é compreensível. A pediatra Mayra Pinheiro, de 54 anos, tem um currículo sólido. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, fez mestrado na USP e está com doutorado em andamento em Bioética na Universidade do Porto, em Portugal. Colocou sua reputação a perder quando virou garota-propaganda de um tratamento precoce ineficaz e perigoso para pacientes de Covid-19. Ficou tristemente famosa no Brasil.

Agora, sua imagem degringolou de vez. Um vídeo inacreditável mostra como a médica treinou para enganar a CPI. Não enganou ninguém. Mayra é cruel e muito cara de pau. Nessa conversa com um epidemiologista, obtida em sua caixa de e-mail com a quebra de sigilo, ela ri ironicamente, faz gozação e relata seu plano primário: “Que perguntas eu posso dar para esses senadores (governistas) fazerem a mim? Entendeu? Eles jogam para eu fazer o gol. Eles chutam para eu

Continue lendo no Blog da Cidadania.