‘A materialidade berra’: Simone Tebet fala ao DCM sobre crimes cometidos por Bolsonaro

Em entrevista ao canal DCM TV, Simone Tebet disse que as evidências mostram, comparado ao processo que levou à derrubada da ex-presidente Dilma, que há dados consistentes para se abrir o processo de impeachment de Bolsonaro.

Segundo a senadora (MDB-MS), no caso da petista havia uma análise jurídica e outra política para se decidir pelo afastamento ou não de Dilma.

“Eu entendi que havia elementos de ordem administrativa suficientes para justificar o impedimento. Agora é muito além: a materialidade não grita, ela berra”, disse sobre as investigações da CPI da Covid envolvendo membros no governo nas negociações pela vacina do coronavírus – para não dizer das ilegalidades praticadas pelo presidente e seu ministério da Saúde em relação às medidas sanitárias para o controle da pandemia.

Em final de mandato no senado, Tebet é cotada para disputar a presidência no ano que vem.

A senadora, no entanto, disse que esse assunto

Continue lendo no Diário do Centro do Mundo.