Aras: MP tem o que fez por merecer. Mas não o Brasil

No STF, um terrivelmente evangélico, após um terrivelmente submisso; no Ministério Público um terrivelmente inerte, para mais dois anos de inércia. É isto o que se desenhou como legado de Jair Bolsonaro para o Judiciário e para a Procuradoria Geral da República. E, em boa parte, por suas próprias atitudes, porque foi a onipotência, atropelando […]

O post Aras: MP tem o que fez por merecer. Mas não o Brasil apareceu primeiro em TIJOLAÇO.

Continue lendo no Tijolaço.