Pensões de filhos, netos e enteados de militares bancariam a merenda de 14,7 milhões de crianças

O governo federal gastou, em 2020, R$ 9,7 bilhões líquidos com pensões de filhos, enteados e netos de militares que morreram. Esse valor seria suficiente para custear, por um ano inteiro, a merenda escolar de 14,7 milhões de crianças. O valor líquido médio recebido por cada filho ou neto de militar em 2020, em torno de R$ 67,5 mil no ano, seria suficiente para bancar a merenda escolar de 102 estudantes. O cálculo foi feito considerando o custo mensal das merendas no estado de São Paulo, que foi de R$ 55 por aluno no programa Merenda em Casa, durante a pandemia. 

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Foram pagas 143,7 mil pensões desse tipo no ano passado, sendo que alguns herdeiros acumulam mais de uma pensão, de forma que o número exato de beneficiários pode ser um pouco menor do que a quantidade de pagamentos. Os

Continue lendo na Revista Piauí.