Bolsonaro é a farsa que precedeu a tragédia. E “Insta-testamento” da reação

Continue lendo no Reinaldo Azevedo.