MP da Eletrobrás passa no Senado com mais jabutis

O texto-base da MP de privatização da Eletrobrás foi aprovado ontem pelo Senado. No entanto, foram feitas uma série de alterações, o que levará o texto novamente à votação da Câmara, marcada para dia 21, último dia antes da medida perder validade. O relator Marcos Rogério (DEM-RO) recuou a pedido do governo na exigência de contratação de termelétricas movidas a gás natural antes da desestatização. Mas incluiu um dispositivo que tira poderes do Ibama e da Funai no licenciamento da linha…


Continue lendo no Canal Meio.