Centrão quer demissão de general Ramos

Foto: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) discute com aliados um novo pacote de mudanças em ministérios para atender a cobranças feitas por líderes do centrão no Congresso.

Esses parlamentares pressionam por uma distribuição de cargos e pela saída do chefe da Casa Civil, o general da reserva Luiz Eduardo Ramos.

Os partidos que dão sustentação a Bolsonaro atribuem ao ministro dificuldades no atendimento de demandas políticas, em nomeações de interesse dos parlamentares e no andamento de ações do governo em suas bases eleitorais.

Uma mudança na Casa Civil, segundo esses líderes, seria a peça central de uma minirreforma ministerial. Estão em análise também trocas no Meio Ambiente e no Turismo.

Os caciques do centrão avaliam que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, acumulou desgastes ao longo de sua gestão e ficou ainda mais fragilizado com a operação da Polícia Federal que investiga a atuação de agentes

Continue lendo no Blog da Cidadania.