A liberdade de imprensa é um antídoto contra as mentiras do poder

Foto: jcomp/Freepik

(Digressão ligeira em busca da origem de uma ideia)

Na data de 7 de junho, comemora-se no Brasil o Dia da Liberdade de Imprensa. Ótimo, bom que exista a efeméride cívica. Mas, na verdade, deveríamos cultuar esse valor o ano inteiro. Precisamos dele a cada minuto. Mas por quê, exatamente? Para responder a essa pergunta, vai aqui um artigo breve.

A afirmação de que a imprensa livre é irmã gêmea da democracia virou um chavão, um lugar comum. Mais do que uma obviedade, uma platitude, é uma frase feita — e esvaziada. Sim, são irmãs gêmeas, mas e daí? Além dos slogans, tem sido mais raro encontrarmos explicações que deem conta da razão dessa liberdade. Por que ela precisa existir?

Historicamente, podemos entender que a emergência

Continue lendo no Observatório da Imprensa.