Jornalista da CNN afirma que sofreu ameaças de seguranças do Planalto

Na tarde de domingo, 2, a jornalista da CNN Brasil, Carla Bridi, afirmou que sofreu ameaças de seguranças do Palácio do Planalto enquanto tentava acompanhar o comboio de Jair Bolsonaro após ele falar com a imprensa.

“Ao entrarmos no carro da emissora para tentar seguir o comboio presidencial, gritaria – segurança sem máscara começou a nos ameaçar, colocou a mão em cima da arma. Dois colegas de outros veículos foram ameaçados por outro segurança – esse de fato tirou a arma do cinto”, relatou.

“No fim, nem dentro do carro podíamos ficar esperando o comboio sair. Tivemos que voltar para a sala de imprensa. Quando saio do carro, segurança disse que iria anotar os nomes de todo mundo e perguntou o meu. Falei que não iria passar nome nenhum”, completou.

No Twitter, Bridi ainda disse que um dos seguranças pediu para que sua equipe não registrasse o momento


Continue lendo no O Cafezinho.