Extrema-direita alemã desencadeia onda de crimes

Foto: John MacDougall/AFP

A Alemanha registrou um aumento no número de crimes por motivações políticas no ano de 2020, sendo a extrema direita o principal expoente, atingindo o maior índice desde 2001, afirmou o ministro do Interior alemão, Horst Seehofer, nesta terça-feira, 4.

Os crimes cometidos pela extrema direita cresceram 6% em relação a 2019 e atingiram a marca de 23.064 casos, sendo metade deles cometidos por motivações políticas, o maior número desde que a contagem começou a ser realizada. Ainda de acordo com o ministro, crimes violentos ultrapassaram os 3.300 casos, incluindo 11 assassinatos e 13 tentativas de homicídio.

“Esses números são extremamente preocupantes porque representam uma nova tendência que vem sendo estabelecida nos últimos anos. Com a pandemia, ainda, foi possível observar uma nova polarização nas discussões políticas”, disse.

A proximidade das eleições, marcadas para setembro, tem levantando o receio no governo alemão de que atos criminosos como

Continue lendo no Blog da Cidadania.