Em depoimento na CPI, Mandetta afirma que recomendou isolamento social a Bolsonaro, mas foi ignorado

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse em depoimento na CPI da Covid-19 no Senado Federal que chegou a recomendar que Jair Bolsonaro saísse em defesa do isolamento social, mas foi ignorado pelo presidente.

“O que eu vi foi o que todos viram. Nós fizemos as recomendações em cima de três pilares: preservar a vida, SUS e ciência. E não foi o que aconteceu, muitas medidas ficaram de fora desses pilares”, apontou.

Mandetta também lembrou que em meados de março do ano passado, a medida era a única opção na prevenção da doença.

“Era o adequado, o vírus era muito competente. A gente tava com um sistema que nao tinha como responder. Doença infeciosa viral é prevenção, isso não tem outra maneira, não é possível fazer gestão de vírus sem separação de pessoas.”

Assista o depoimento na íntegra!

O post Em depoimento na CPI,


Continue lendo no O Cafezinho.