IPO: a onda gigante que cresce no mundo dos investimentos

Tudo pode começar bem pequeno, com uma startup que recebe seu primeiro recurso de um investidor-anjo, cresce, faz outras rodadas de investimento com valores maiores, cresce mais e chega ao ponto de abrir seu capital na bolsa. Algumas estão indo direto fazer isso em Nova York, onde os juros praticamente negativos nos bancos colocam investidores ávidos por novas oportunidades

Veja mais de Evandro Milet

Continue lendo no Os Divergentes.