Sem clima pra boiada

De vários modos, por diversos canais, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, mandou uma mensagem clara ao governo brasileiro, às vésperas da reunião de cúpula convidada por ele para enfrentar o aquecimento global: o Brasil já mostrou ser capaz de reduzir o desmatamento com recursos próprios, perdeu credibilidade, e está fadada ao fracasso a estratégia de cobrar doações de países ricos como pré-condição para reduzir o ritmo do desmatamento ilegal. O aviso não foi levado a sério pelo presidente Jair Bolsonaro nem pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, seu porta-voz oficial nesse tema. E o tema meio ambiente tornou-se o principal desafio da política externa e da relação do país com os Estados Unidos.

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Salles é, hoje, o pivô de um sério desentendimento entre Biden e Bolsonaro, que, segundo os americanos, ameaça acordos de comércio e outros acertos

Continue lendo na Revista Piauí.