Morre mais gente do que nasce no Brasil, e Bolsonaro agora teme protestos

Continue lendo no Balaio do Kotscho.