Gilmar vota contra liberação de igrejas na pandemia; julgamento é suspenso

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), votou hoje para que templos religiosos permaneçam…

Continue lendo no Reinaldo Azevedo.