“Viramos párias do mundo”

A tradutora e jornalista gaúcha Gisele Teixeira, radicada na Argentina desde 2008, veio ao Brasil durante a pandemia para ajudar o pai num projeto cultural e literário. Depois de quatro meses no Rio Grande do Sul, quando ela tentou regressar a Buenos Aires, onde mora com o marido, viu um cenário que nunca vivera: as fronteiras estavam fechadas para brasileiros. Com o agravamento da situação sanitária, a Argentina voltou a aplicar medidas restritivas a brasileiros ou residentes no Brasil. No último dia 29, foi oficializado o fechamento das fronteiras terrestres para os nacionais argentinos e estrangeiros residentes lá que deixaram o país antes de 25 de dezembro. Teixeira tentou voltar para Buenos Aires no dia 27, mas não conseguiu. Retornou à casa dos pais, em Caçapava do Sul, e segue esperando que a situação melhore. Neste depoimento, ela fala do medo de adoecer, da tristeza pelos amigos mortos e do

Continue lendo na Revista Piauí.