Digitalização do Estado brasileiro durante a Pandemia de Covid-19

(Foto: Unsplash)

O atípico ano de 2020, causado pela Pandemia de Covid-19, trouxe adaptações importantes em relação ao cenário de digitalização das diferentes esferas e níveis de poder no Estado brasileiro.

Milhares de servidores públicos passaram a atuar em regimes totais ou parciais de trabalho à distância, diferentes instâncias de atendimento presencial aos cidadãos foram transferidas para a internet – incluindo aí o acesso a serviços médicos como consultas e receitas – e até mesmo sessões deliberativas das Casas Legislativas foram realizadas em modalidades online.

Nesse sentido, é interessante refletir não apenas sobre a extensão da digitalização das atividades públicas nesse período, mas também sobre a qualidade da mudança que estamos presenciando. Trata-se, afinal, de uma transformação estrutural das instituições políticas no sentido de promover uma maior abertura e transparência

Continue lendo no Observatório da Imprensa.