Covid, a pandemia social

(Foto: Alejandra De Lucca V. Minsal)

Gradualmente, estamos começando a descobrir que a Covid 19 é mais do que uma doença que já matou em um ano 2,8 milhões de pessoas, o dobro das vidas perdidas nos 20 anos da guerra do Vietnã. A pandemia já é hoje um fenômeno social porque suas causas e consequências ultrapassaram o campo da medicina e da biologia para afetar questões econômicas, políticas e comportamentais.

Não é mais possível pensar em combater o avanço da mortalidade no mundo inteiro sem levar em conta que o vírus só produz os efeitos letais que nos assustam porque encontra condições socioeconômicas favoráveis à sua reprodução e modificação. São ambientes como os criados pela enorme densidade populacional das cidades contemporâneas, pelo crescimento da desnutrição, falta de saneamento e pela intensificação

Continue lendo no Observatório da Imprensa.