Vilania de Fachin é tão clara que deve fracassar. Por Fernando Brito

Publicado no Tijolaço

O ministro Edson Fachin, do STF Foto: NELSON JR./SCO/STF

Não foram necessárias mais que algumas horas para que se tornasse tão evidente a manobra de Luiz Edson Fachin ao anular os processos de Lula em Curitiba para evitar a decretação da parcialidade de Sergio Moro que, ao que tudo indica, ela está fada ao fracasso.

Até a direita de punhos de renda está atônita, diante do fato de que é impossível negar que a finória canetada de Fachin visa, essencialmente, proteger Moro e sua trupe da escancarada parcialidade.

Essa é a principal razão, pois Fachin sabe que seria virtualmente impossível, salvo por um escândalo ainda maior do que o da Lava Jato, validar os processos de Curitiba em um ano e meio, repetir a condenação e, ainda, confirmá-la em segunda instância.

É a Moro, mais que a Lula, que a sua canetada beneficia, pois era inevitável que a

Continue lendo no Diário do Centro do Mundo.