Antiviral acelera a recuperação da covid-19 de pacientes não hospitalizados

Estudo preliminar realizado por pesquisadores do Centro de Doenças do Fígado de Toronto, ligado à UHN (University Health Network) de Toronto, mostra que um medicamento antiviral experimental permitiu a rápida recuperação de pacientes não hospitalizados com covid-19. O medicamento, chamado peginterferon-lambda, também diminuiu a infecção comunitária, por ter cortado a fácil transmissão do vírus pelos contaminados.

O estudo foi publicado em 5 de fevereiro na revista britânica The Lancet, a mais prestigiada revista científica da área médica.

“Esse tratamento tem grande potencial terapêutico, especialmente neste momento, visto que temos variantes agressivas do coronavírus se espalhando pelo mundo que são menos sensíveis a vacinas e ao tratamento com anticorpos”, disse Jordan Feld, especialista em doença de fígado, que liderou o estudo.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container


Continue lendo no Poder 360.