Uma saída de mercado: a nacionalização da Ford em ressarcimento dos subsídios recebidos

Se Paulo Guedes não fosse um Ministro de idéias tão minúsculas, haveria um amplo espaço para juntar a produção brasileira com os financistas. Eles trocariam esse papel predatório de operações sem risco em cima de bens públicos, e se legitimariam perante a opinião pública – além das boas possibilidades de lucro.

Continue lendo no Luis Nassif.