Supremo quer do governo data para vacinação

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, deu 48 horas, até terça-feira, para que o Ministério da Saúde apresente as datas de início e término do programa de vacinação em massa contra a Covid-19, inclusive as de suas fases. O plano foi entregue ao STF na sexta-feira, mas não continha um cronograma claro. A programação prevê a distribuição de 108,3 milhões de doses a cerca de 51 milhões de pessoas, menos de um quarto da população brasileira. Após a entrega do plano, o…


Continue lendo no Canal Meio.