Mais uma manifestação contra o crime do Carrefour

Foto: Guito Moreto / Agência O Globo

Um grupo de manifestantes se reuniu em frente a uma unidade da rede de supermercados Carrefour, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, para protestar contra a morte de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, espancado em uma das lojas da rede em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira (19). O ato começou por volta de 16h desta sexta-feira e teve duas horas e meia de duração. Entre os participantes estavam artistas como Pretinho da Serrinha, Nego do Borel, Rafael Zulu, Tico Santa Cruz e Patricia Pillar.

O ato foi organizado pelas redes sociais. Um dos participantes, o comunicador Raull Santiago, é líder comunitário do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. Segundo ele, ao menos 200 manifestantes marcaram presença no supermercado.

— No dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, quando deveríamos

Continue lendo no Blog da Cidadania.