Ataques coordenados tentaram desacreditar eleição

Os sistemas do Tribunal Superior Eleitoral sofreram dois ataques distintos numa operação coordenada para desacreditar a Justiça Eleitoral. Esta é a conclusão de uma investigação da SaferNet, que trabalha em conjunto com o Ministério Público Federal, e divulgada hoje em reportagem de Patrícia Campos Mello. O primeiro ataque é antigo, certamente anterior a 23 de outubro, e resultou na invasão de algum servidor da Corte. Os dados capturados, porém, só foram vazados no dia da eleição, de manhã,…


Continue lendo no Canal Meio.