Mundo tem recorde de mortes, enquanto fingimos que a pandemia acabou

A Universidade John Hopkins, considerada o referencial mais seguro de mensuração dos efeitos da pandemia do Covid-19, registrou ontem, como se antecipara aqui, o maior número de mortes no mundo desde que o novo coronavírus espalhou-se pelo mundo. Foram 12.241 óbitos, 50% mais que no momento que a doença avançou na Europa, que volta a […]

O post Mundo tem recorde de mortes, enquanto fingimos que a pandemia acabou apareceu primeiro em TIJOLAÇO.

Continue lendo no Tijolaço.